• Mariah Bezz

AutoEstima

Atualizado: 10 de Dez de 2020

Você é o que pensa, fala e acredita! Por tanto, autoestima é uma junção de emoções, crenças e autoimagem.


Com a autoimagem refletimos nossas emoções e crenças através das roupas, acessórios, maquiagem... tendo assim uma forma de comunicação do que acreditamos e de quem somos com o “Mundo”. Podendo resultar em uma autoestima elevada ou baixa.


Quem sofre de autoestima baixa pode se sentir em busca de alguma coisa, ou sempre sentir falta de algo. Como por exemplo achar que a pele não está boa, o cabelo não está como deveria, o peso não é o desejado, tudo isso sendo um reflexo de alguma questão no seu interior.

Por tanto deve ser analisado o que está sendo feito, é uma insatisfação interna (de preencher o que falta sem saber o que de fato lhe falta) ou uma insatisfação da imagem mesmo, se esse externo realmente está a incomodar.


Resolver crenças negativas é importantíssimo para autoestima. Criar o hábito de se observar, se conhecer internamente é fundamental para o conhecimento de si próprio e cultivar uma verdadeira felicidade consigo mesmo. Essa é uma excelente maneira de elevar a autoestima.


Basicamente Autoestima Elevada ou Baixa está ligada com o que acreditamos sobre nós mesmos.

O que influencia essas crenças muitas vezes estão relacionadas com questões que ocorreram na infância. Por vezes essas questões podem ou não estarem bem resolvidas, podendo agregar ou serem conflitantes com a autoimagem, e na maioria das vezes podendo ser refletida até o atual momento.


Geralmente tudo começa quando criança. Elas são obrigadas a seguir padrões, ou não podem se expressar como gostariam, se sentem ou são pressionadas pelos próprios pais (família) ou para serem aceitos no seu “meio” (sociedade), refletindo seu conflito ou sofrimento (interno) na autoimagem.


Na linguagem das roupas, maquiagem... são representadas, como realmente elas são, ou como forma de “protesto” para conseguirem serem aceitos. Podendo ser de forma consciente ou inconsciente (muitas das vezes).

Mostrando assim que autoimagem é reflexo dos nossos sentimentos, e será refletida na nossa autoestima.


Crenças resolvidas e autoconhecimento de si próprio são a chave para quebra de padrões, e liberdade de expressão consigo mesmo. Podendo ter uma oportunidade de se reconhecer, reconectar, ou fazer as pazes consigo mesmo.


Tendo isso, aposte no que de verdade acredita, te representa, faz bem e feliz!

Sua autoimagem nascerá de dentro para fora de forma sólida e verdadeira, mantendo uma autoestima elevada e constante, pois é uma busca e um encontro de si próprio.





#mariahbezz #dicasbezz #dicasdeblog #autoestima #autoimagem #autoconhecimento #crenças #belezasemfutilidade #cuidadosdiários #saúdeebemestar

6 visualizações0 comentário